BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS

Benefícios visíveis(Conspícuos) e invisíveis(Inconspícuos)


A religião e sua prática são fatores que determinam fundamentalmente a felicidade ou a infelicidade das pessoas. Por isso, é extremamente importante julgar sua validade, supremacia e integridade. Um dos conceitos budistas utilizados para isso é o das “Três Provas”: documental, teórica e real. A prova real é considerada a mais importante, pois avalia os resultados obtidos na vida das pessoas por meio da prática da religião. Nitiren Daishonin afirma: “Para julgar o mérito das doutrinas budistas, eu, Nitiren, acredito que os melhores padrões são o da razão e o da prova documental. Mas a prova real é ainda mais valiosa que ambas.” (As Escrituras de Nitiren Daishonin [END], vol. 6, pág. 168.)No budismo, a comprovação real da prática se manifesta sob duas formas de benefícios: conspícuos e inconspícuos. Os benefícios conspícuos se referem à comprovação real que se manifesta de forma visível e perceptível na vida dos praticantes, já os inconspícuos são imperceptíveis no momento presente, mas com o passar do tempo florescem de forma tão extraordinária, muito além das próprias expectativas. Embora seja natural buscarmos os benefícios conspícuos, no Budismo de Nitiren Daishonin os verdadeiros benefícios são os inconspícuos. Na escritura “Ensino, Prática e Prova”, Daishonin afirma: “Aqueles que obtiveram o benefício durante os Primeiros e Médios Dias da Lei receberam benefícios ‘conspícuos’, pois a relação que estabeleceram com o Sutra de Lótus no transcurso da existência do Buda, finalmente havia amadurecido. Por outro lado, aqueles nascidos atualmente, nos Últimos Dias da Lei, receberam a semente do estado de Buda pela primeira vez, e o benefício deles é, portanto, inconspícuo.” (END, vol. 4, pág. 235.) O benefício inconspícuo pode ser comparado ao crescimento de uma planta a partir da semente. É natural que seu desenvolvimento até se tornar uma frondosa árvore leve muitos anos, enfrentando e ultrapassando as mais variadas intempéries. Embora seu crescimento diário seja totalmente imperceptível, com o passar dos anos ela poderá exibir toda a sua exuberância. Similarmente, no momento em que abraçamos o Gohonzon dos Três Grandes Ensinos Fundamentais e iniciamos a prática, o grandioso benefício da nossa revolução humana não se manifesta repentinamente. Embora não seja perceptível uma mudança de um dia para o outro, por meio de uma contínua e sincera prática da fé, tal como a água corrente, certamente poderemos realizar nossa revolução humana e, conseqüentemente, receber extraordinários benefícios. Portanto, o ponto fundamental é a continuidade da prática da fé, sem jamais ser derrotado perante as adversidades do dia-a-dia. Vale ressaltar que, com a prática do Budismo de Daishonin, os benefícios conspícuos também podem ser plenamente conquistados. Por exemplo, ao abraçar o Gohonzon e iniciar a prática do budismo, comumente se manifesta um benefício perceptível como uma primeira comprovação real na vida. Uma outra situação em que podemos comprovar os benefícios conspícuos é aquela em que, diante de um sério problema oramos com toda a seriedade e sinceridade diante do Gohonzon, obtendo como resposta sua transformação. Por outro lado, os benefícios conspícuos manifestam-se também como conseqüência dos benefícios inconspícuos. Enfim, como seguidores do Budismo de Daishonin, devemos praticar todos os dias comprovando os benefícios conspícuos em nossa vida, ao mesmo tempo em que avançamos diariamente em direção aos grandiosos benefícios inconspícuos.

0 DÚVIDAS? PERGUNTE AQUI.: