BLOGGER TEMPLATES - TWITTER BACKGROUNDS

Uma pessoa forte e sábia é capaz de superar qualquer adversidade


Você poderia dizer quantas vezes foi picado pelo mosquito da dengue? Provavelmente não. Talvez, no máximo, consiga dizer quantas vezes manifestou a doença, mas é impossível saber quantas vezes foi picado pelo mosquito transmissor. A diferença, em um e outro caso, não está no mosquito mas, sim, no estado geral de saúde e imunidade do seu corpo que, quanto mais fortalecido, menos propenso a desenvolver os sintomas.

Analogamente, enfrentamos a todo instante obstáculos e dificuldades em nossa realidade diária. Mas um dos benefícios mais fáceis de perceber, desde os primeiros dias da prática budista, é nossa mudança interior. Ela faz com que consigamos lidar muito melhor com situações que, em outra época, resultariam numa explosão de fúria ou de tristeza. Amenizar o efeito cármico, portanto, não significa apagar o efeito registrado no Universo por uma causa cometida no passado. Significa manifestar o estado de Buda a partir da prática, fortalecendo a vida de tal forma que o efeito, quando se manifesta, tem um “efeito” muito menor para você.

O presidente da SGI, Daisaku Ikeda, ilustra esse aspecto comparando o sol e as estrelas. As estrelas brilham radiantes no céu noturno, assim como os problemas nos parecem muito mais intensos quando nossa vida está envolta na escuridão fundamental. Quando o sol nasce, no entanto, embora as estrelas continuem a existir, o brilho majestoso do sol faz com que não consigamos mais percebê-las. Da mesma forma, a radiante manifestação do estado de Buda torna nossa vida tão mais fortalecida, sábia e equilibrada, que todos os problemas, os mesmos problemas de antes nos afetavam tão intensamente, agora parecem significar muito pouco. Como no caso da dengue, nosso estado de vida fortalecido fica imune às “picadas” dos problemas.

Assim, amenizar o efeito cármico, cuja tradução literal do ideograma chinês significa “transformar o pesado e recebê-lo de modo leve”, implica, como aprendemos no budismo desde o começo, em não tentar mudar algo externo. Toda causa registra no Universo um efeito correspondente, a se manifestar em algum momento oportuno. Se não posso modificar mais a causa efetuada no passado, como interferir no registro gravado no Universo? Modificando aquilo sobre o qual tenho controle: minha própria vida. Se você não frequenta uma academia, a ideia de levantar um peso de 50 kg pode lhe parecer impossível. Mas se praticar exercícios regularmente, conseguirá “transformar o pesado e recebê-lo de modo mais leve”. Os “problemas de 50 kg” continuarão a surgir na sua vida, e continuarão pesando 50 Kg, mas sua prática fará com que pareçam ter o efeito de poucas gramas.



0 DÚVIDAS? PERGUNTE AQUI.: